Secretaria da Saúde intensifica ações de combate à dengue em Itabuna

 

A equipe Educativa da Dengue da Secretaria de Saúde de Itabuna, formada por oito agentes de endemias, está intensificando a ação mobilizadora para conscientizar a população para o controle e o combate ao Aedes aegypti no município. O trabalho é feito por meio de visitas de casa em casa, principalmente nos bairros onde o índice de infestação é alto, a exemplo do Novo Horizonte, São Caetano e Califórnia.

A ação da equipe inclui também Pit Stop e panfletagem todos os dias, nas principais praças dos bairros e no centro da cidade. Os panfletos, com desenhos e textos curtos e simples, ensinam a comunidade a identificar e eliminar os criadouros de larvas, evitando a proliferação do mosquito.

A proposta dos agentes de endemia visa despertar nas famílias sobre a ameaça que o Aedes aegypti representa para a saúde de toda a comunidade, principalmente no período de verão, quando o calor estimula a proliferação do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. “São arboviroses sazonais, típicas do verão, quando o tempo fica quente e úmido, temperatura ideal para o mosquito se reproduzir com facilidade”, alerta o coordenador do Programa de Endemias da Secretaria de Saúde de Itabuna, Roberto Góes.

Ele aproveita para convocar a comunidade a se unir nessa luta que é de todos. “Não basta apenas o poder público fazer sua parte no controle e combate do mosquito se as famílias não se entenderem que o Aedes aegypti está dentro de casa ou no quintal e que pode ser eliminado com gestos simples, como evitar a água parada”.

Já o supervisor da Equipe de Educação da Dengue, o agente de Endemias, Sandoval Dias Lima, lembra que a boa receptividade e a participação efetiva de cada família, em qualquer parte da cidade é o que fará a diferença para o controle e o combate ao mosquito transmissor dessas arboviroses que já fizeram milhares de vitimas no ano passado, levando inclusive o município a decretar situação de emergência.

“É preciso que a população nos ajude no trabalho rotineiro, recebendo os agentes, durante as visitas domiciliares feitas a cada dois meses em toda a cidade”. Sandoval destaca ainda que o agente de combate a endemia pode ser identificado pelo crachá, o uniforme e a mochila que trás  a logomarca da Secretaria de Saúde de Itabuna.

Os servidores do Educa Dengue também informam que quem desejar acompanhar o trabalho diário da equipe, via internet, pode acessar o Facebook digitando na busca o“educadengue Itabuna” . “O internauta poderá sugerir, denunciar possíveis focos e ajudar a combater o mosquito”, reforça a agente de endemia Liv Lee Fraga, adiantando que a pagina é atualizada diariamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s