Como resolver o problema do excesso de umidade numa casa de praia

Sol, céu azul e uma casa na praia para aproveitar as férias de verão com a família e os amigos. Para passar longos períodos ou apenas um fim de semana, a casa na praia é uma ótima opção para relaxar e renovar as energias. Mas, é preciso ficar atento à maresia, umidade alta e calor extremo que são capazes de deteriorar partes importantes da casa e ainda causar dor de cabeça aos proprietários ou visitantes.

Pior que a umidade provocada no litoral, só mesmo suas decorrências: bolor, mofo, e paredes escurecidas. Não há quem fique em uma casa assim, sem contar a questão do cheiro desagradável que entranha por todos os cômodos.

Definitivamente, o retrato da umidade em excesso desagrada, mas há um lado ainda mais perverso, pois é com esse quadro instalado que se desencadeiam as principais doenças respiratórias. Em especial as alergias. A vida cotidiana dos que moram no litoral, bem como dos que vão passar um período de férias, ou mesmo alguns dias para descanso, não deve ser atormentada por microscópicos seres que aparecem em decorrência da umidade alta. Travesseiros, toalhas e roupas de cama acumulam muitos ácaros e retém muita umidade. Roberto Martins, diretor-biomédico da Microbiotécnica em São Paulo, afirma: “Após 2 anos cerca de 25% do peso do travesseiro é composto por ácaros vivos, mortos e pela sua excreção”. A alegria do verão não combina com crises de rinite, sinusite, asma, bronquite e outras afecções que podem ser evitadas.

Roupas de cama e banho também acumulam muita umidade. É desagradável deitar naquele lençol que cola no corpo. Outro problema enfrentado por quem tem casa na praia é a secagem de roupas. Em épocas de chuvas, as roupas e lençóis de cama demoram mais para secar, podendo demorar mais de 2 dias para secagem total das peças.

Eficaz, o desumidificador de ar é uma solução que veio para ficar e que traduz o que a tecnologia pode fazer pelo seu conforto, bem-estar e principalmente pela economia.

Arma poderosa nesse embate pela saúde e para eliminar os incômodos causados pela umidade, o desumidificador controla a umidade do ar, mantendo-a nos níveis apropriados para o ser humano e também livram o ambiente da proliferação de microrganismo, como os fungos (bolor, mofo e outros), bactérias e inclusive ácaros, grandes responsáveis por desencadear processos alérgicos e atacar tudo o que vêem pela frente. Móveis, eletrodomésticos, quadros, portas, janelas, teto, piso, etc. Silenciosa, a umidade em excesso é uma inimiga que precisa ser controlada com rigor, pois nunca deve ofuscar o brilho do verão. Importante notar que a despeito do uso de desumidificadores, a higienização do imóvel é fundamental.

Os Desumidificadores Desidrat, da Thermomatic foram projetados dentro da mais alta tecnologia e fazem toda a diferença na casa da praia. Agem oferecendo saúde, bem-estar e também na preservação de bens do ambiente.

Saiba mais os benefícios do desumidificador de ar para casa de praia em: https://www.thermomatic.com.br/aplicacoes-para-casa/desumidificadores-para-casa-de-praia.html (DINO)

Anúncios

PSL fecha apoio à candidatura de Maia para a Presidência da Câmara

O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar (PE), reiterou hoje (3) o apoio do partido à candidatura do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que busca a reeleição. De acordo com ele, a “convergência” de ideias une a sigla a Maia. A decisão foi tomada durante reunião da bancada nesta quinta-feira. O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, tem reafirmado que os integrantes do governo não vão se envolver na disputa pelo comando da Câmara.

Na reunião de hoje, parte da bancada do PSL na Câmara, que tem 53 deputados federais, participou. Em pauta, a disputa pela presidência da Câmara e as indicações para as comissões permanentes na Casa, nas quais são debatidas propostas, há sabatinas e votadas as mais distintas medidas propostas pelos parlamentares e também encaminhadas pelo governo.

Segundo Bivar, a unidade de ideias e propostas predomina na legenda e com Maia. “Não estamos com o Rodrigo Maia por estar, foi a convergência das ideias dele”, afirmou. “[Temos] um sentimento de coesão, de uma agremiação que tem uma ideia só. Eu acho que a gente dando essa sustentação ao governo federal vamos viabilizar as reformas que o país exige. O PSL não vai ser um partido de questão fechada, somos liberais por natureza.”

Espaço
Na reunião, o PSL escolheu comandar as comissões de Constituição e Justiça e de Fiscalização e Controle, se Maia for reeleito. A sigla pretende garantir assento nas principais comissões permanentes, com o objetivo de focar na área econômica. Bivar destacou que a meta da gestão Bolsonaro é “reestruturar esse país tão danificado nos últimos anos”.

A deputada federal eleita Joice Hasselmann (PSL-SP), cotada para liderar o partido, ressaltou que o modo de atuar do PSL se diferencia de outras legendas e não há barganha.

“Não há toma-lá-dá-cá. O que o partido fez foi garantir o espaço dentro da Câmara dos Deputados para que nós possamos trabalhar pelo governo Bolsonaro. É uma ingenuidade, até coisa de criança, uma meninice, achar que o partido vai conseguir fazer alguma coisa sem estar em espaços estratégicos”, avaliou.

Oposição
Em oposição à candidatura de Maia, o deputado federal eleito Marcelo Freixo (PSOL-RJ) lançou seu nome na disputa. “Sou candidato à presidência da Câmara dos Deputados por um amplo campo republicano e democrático que lutará para resgatar o espírito da Constituição”, disse o parlamentar na sua conta no Twitter.

Nas redes sociais, Freixo disse que o Congresso Nacional precisa se comprometer com o fortalecimento e a ampliação dos direitos sociais. “Meu compromisso como candidato à presidência da Câmara é com uma agenda econômica e social que promova a cidadania.”(Agência Brasil)

Bloqueio de celulares irregulares começa no dia 7

Celulares irregulares nos estados da Região Nordeste, além de São Paulo, Minas Gerais, do Amapá, Amazonas, Pará e de Roraima começam a receber a partir da próxima segunda-feira (7) mensagens de alerta de que serão bloqueados a partir de março.

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o bloqueio começa a partir de 24 de março, 75 dias após o início do envio das mensagens. Nesses estados, os usuários de aparelhos irregulares começarão a receber mensagens de SMS, informando que o aparelho é irregular e que será bloqueado. “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”.

Segundo a agência reguladora, a medida vale apenas para celulares irregulares habilitados nas redes das prestadoras a partir da próxima segunda-feira, não incidindo sobre os aparelhos adquiridos antes.

De acordo com a Anatel, a medida visa combater o uso de celulares falsificados, sem certificação ou com IMEI (do inglês International Mobile Equipment Identity) adulterado, clonado ou outras formas de fraude. A medida também busca inibir a comercialização de aparelhos não homologados no país.

“Um celular sem certificação pode aquecer, dar choques elétricos, emitir radiação, explodir e causar incêndio, pois não passou pelos testes necessários”, informou a agência.

O IMEI é o número de identificação do celular. É composto por um código composto por 15 números utilizado internacionalmente que permite identificar a marca e modelo do aparelho. Todas as mensagens são enviadas pelo número 2828.

Para saber se o número de IMEI é legal, basta discar *#06#. Se a numeração coincidir com o que aparece na caixa, o aparelho é regular. Caso contrário, há uma grande chance de o aparelho ser irregular.

A Anatel informou ainda que o usuário de serviço móvel que estiver com sua situação irregular deve procurar a empresa ou pessoa que vendeu o aparelho e buscar seus direitos como consumidor.

A Anatel criou em seu Portal na Internet um espaço com informações do projeto de bloqueio de celulares, o projeto Celular Legal. No Portal da Anatel também é possível verificar se o celular apresenta alguma irregularidade .

Cronograma
O bloqueio de celulares irregulares começou pelos Distrito Federal e por Goiás. Os aparelhos irregulares começaram a ser bloqueados no dia 8 de maio. Segundo a Anatel, já foram excluídos das redes das prestadoras móveis 103 mil celulares irregulares nas duas unidades da federação.

No dia 8 de dezembro teve início o bloqueio de celulares irregulares, também chamados de piratas, nos estados do Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de Rondônia, Santa Catarina e do Tocantins.

Celulares estrangeiros
Celulares comprados no exterior vão continuar funcionando no Brasil, desde que sejam certificados por organismos estrangeiros equivalentes à agência reguladora. Um celular só é considerado irregular quando não possui um número IMEI registrado no banco de dados da GSMA, associação global de operadoras.

Não serão considerados irregulares os equipamentos adquiridos por particulares no exterior que, apesar de ainda não certificados no Brasil, tenham por origem fabricantes legítimos.(Agência Brasil)

Indústria registrou faturamento de R$ 63,5 bilhões em 2016 e cresce na contramão da crise brasileira

O mercado de indústrias farmacêuticas cresce consideravelmente, ao contrário de muitos setores industriais no Brasil. Mesmo diante da instabilidade econômica no país, o mercado é impulsionado. Tal ascensão ocorre por alguns fatores: aumento da expectativa de vida da população, maior preocupação com a saúde, crescimento no mercado de genéricos, lançamento de novos produtos, avanço da biotecnologia, entre outros.

De acordo com dados do Guia 2017 da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), o Brasil ocupa a 8ª posição no ranking mundial do mercado farmacêutico. A expectativa é que em 2021 o país alcance a marca de 5º maior mercado industrial farmacêutico do mundo.

O faturamento aponta números extremamente positivos. Segundo o Anuário Estatístico do Mercado Farmacêutico 2016, publicada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a indústria registrou faturamento de R$ 63,5 bilhões em território nacional, com venda de 4,5 bilhões de embalagens de produtos. Números somente de 2016.

Novas direções:
O mercado é dinâmico, portanto, para que as indústrias possam continuar em viés de crescimento, é muito importante que possuam visão de progresso. Acompanhar essas movimentações e necessidades é imprescindível, para que seja possível traçar novas direções para as tendências que venham a surgir.

E é exatamente isso que as indústrias farmacêuticas brasileiras buscam. Segundo o ranking do anuário “Valor Inovação Brasil 2018” o setor farmacêutico é o 2º de maior investimento em inovações no país.

Segundo estudo publicado pela Boston Consulting Group (BCG), empresa de consultoria, as indústrias precisam sempre buscar alternativas para dar continuidade no crescimento do setor.

Confira algumas dessas alternativas:
1. Desenvolvimento de medicamentos biológicos;
2. Desenvolvimento de medicamentos biossimilares;
3. Inovação incremental, por meio do desenvolvimento de melhorias para um produto ou novas aplicações para moléculas que já existem;
4. Inovação radical, por meio do desenvolvimento de novos produtos;
5. Consolidação e união de forças entre as indústrias fabricantes de genéricos;
6. Internacionalização das operações das indústrias brasileiras;
7. Diversificação e ampliação do portfólio.(DINO)

Requalificação do Jorge Amado e Maria Matos prossegue em ritmo acelerado

As comunidades dos bairros Jorge Amado e Maria Matos (Rua de Palha) foram as primeiros beneficiadas com as obras do projeto de requalificação e humanização que estão sendo executadas pela Prefeitura Municipal de Itabuna, através do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC II – do Governo Federal.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Jorge Zullato, um total de sete bairros serão contemplados com as obras do Pacão, mas nesta etapa dois bairros estão com obras em andamento: Jorge Amado e Maria Matos. “Toda rede de esgotamento sanitário foi concluída, iniciamos a fase de pavimentação e dentro em breve daremos início à construção da Estação de Tratamento”, informou o Secretário Jorge Zullato.

Os bairros Nova Itabuna, Lomanto Júnior, Sinval Palmeira, Bananeira, Santa Catarina, Maria Matos (Rua de Palha) e Jorge Amado são os contemplados com o Pac II. “Começamos pelo Maria Matos e Jorge Amado, sendo que à medida que as obras forem sendo concluídas, deslocaremos nossas equipes para os próximos que estão na lista dos contemplados”, explicou.

Quatro doenças provocadas pelo ar condicionado sujo

Pouco tempo se passou desde o início do verão e os brasileiros já estão sentindo na pele o calor intenso e as altas temperaturas registradas nos termômetros. Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC-Inpe) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet-Mapa), a temperatura média entre entre dezembro, janeiro e fevereiro no Brasil deve ser superior aos 31,5ºC.

No carro, em casa ou no trabalho, um item ajuda a população a amenizar o calor: o ar condicionado. “Quando utilizado com frequência, o aparelho deve ser higienizado de maneira adequada e periodicamente. Caso contrário, pode causar danos à saúde”, comenta o médico microbiologista André Mário Doi. “Um dos principais motivos que podem levar a agravos de saúde, principalmente doenças respiratórias, é o acúmulo de poeira, ácaros, fungos e algumas bactérias que podem se acumular nos filtros”, complementa o médico.

Confira algumas complicações à saúde que podem ser causadas pelo uso de ar condicionado sem a correta higienização:

Ressecamento do muco pulmonar – A mucosa nasal é revestida por cílios vibrantes, responsáveis por expulsar bactérias, fungos e vírus que entram no organismo pelo ar respirado. Como há o ressecamento da região, a chance de contrair infecções aumenta.

Doença do Legionário – Essa doença é ocasionada por uma bactéria (Legionella pneumophila), que pode se alocar nos dutos e filtros de equipamentos de ar condicionado mal higienizados. “A exposição a essas bactérias leva a um quadro respiratório de pneumonia grave. O diagnóstico precoce permite terapia antimicrobiana específica, reduzindo a gravidade e complicações do quadro”, menciona Dr. André.

Asma – As alergias respiratórias, como a asma, são doenças inflamatórias crônicas que acometem as vias respiratória. A doença se manifesta clinicamente por crises de falta de ar ou cansaço, chiado no peito e sensação de aperto no peito, geralmente acompanhadas de tosse. O médico alerta que cerca de 80% dos pacientes que têm asma apresentam também rinite. “A exposição aos alérgenos inalantes, como ácaros da poeira de casa, fungos, pelos de animais, baratas, bactérias e pólens, é o principal fator das crises de asma e rinite”, diz o especialista.

Rinite alérgica – A rinite alérgica é uma infecção que ocorre na membrana nasal. É caracterizada por espirros repetidos, coriza líquida e abundante, olhos lacrimejantes, coceira (em nariz, olhos, garganta e ouvidos), congestão nasal, alteração do olfato e do paladar, olhos avermelhados e irritados.

Governo vai revisar contratações e demissões de comissionados

O governo federal vai revisar as contratações e demissões de funcionários públicos comissionados, bem como a movimentação financeira dos ministérios nos últimos 30 dias. O anúncio foi feito pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, após a reunião do presidente Jair Bolsonaro com sua equipe ministerial hoje (3) pela manhã.

Segundo Onyx, os ministros terão de apresentar um relatório com o fluxo das contratações, demissões e transferências, assim como da movimentação financeira.

“Verificamos que houve uma movimentação incomum de exonerações e de nomeações, nos últimos 30 dias, assim como houve uma movimentação incomum de recursos destinados a ministérios, também nos últimos 30 dias”, afirmou o ministro.

Diante desse cenário, a orientação de Bolsonaro foi que os ministros façam uma revisão “pasta por pasta” da movimentação no mês passado.

“Particularmente dos últimos 15 dias, porque o alto volume da movimentação financeira causou estranheza. O presidente quer um relatório de cada um, para ver para onde foi o dinheiro, por que foi feito e se tem suporte para ter sido feito”, disse.

Antes da posse de Bolsonaro, a equipe de transição havia anunciado a revisão dos atos normativos e das medidas editadas nos últimos 60 dias do governo anterior. A orientação estava na Agenda de Governo e Governança Pública, apresentada no dia 27 de dezembro. A intenção era avaliar a “aderência” das iniciativas aos compromissos do governo Bolsonaro.(Agência Brasil)