JBS: Histórico de negócios desmonta versão de insider trading

PRNewswire/ — As operações da JBS no mercado antes do vazamento da delação de seus diretores foram menores ou semelhantes a outras ocorridas antes e depois da divulgação do escândalo. Essa é a conclusão do histórico de operações apresentado por Wesley Batista, ex-CEO da JBS, ao Supremo Tribunal Federal.

A documentação mostra que entre 20 de abril e 17 de maio, quando a delação veio a público, a JBS vendeu 36 milhões de ações ainda valorizadas. Porém, entre 17 de maio e o fim de agosto, vendeu outras 30 milhões já em baixa, aniquilando ganhos em cotação.

Se fosse para lucrar com a divulgação, bastaria a J&F recomprar as ações pelo preço então mais baixo, o que não ocorreu, enfatiza a defesa. O ex-executivo garantiu que ninguém de sua família fez qualquer operação financeira nessa época.

A documentação mostra que a recompra das ações do grupo pela JBS acontecia desde 2008, um ano depois de abrir capital. E prosseguiu depois do afastamento dos irmãos Batista da gestão. Segundo Wesley, o dinheiro da venda de ações foi usado para quitar obrigações da empresa — o endividamento é de US$ 10 bilhões —, e não para recomprar ações.

Histórico cambial da JBS
TrimestreEstoqueValor realizado
(em milhões de dólares)(em milhões de R$)
1º – 2013150,000115,000
2º – 20134,280,000410,000
3º – 20133,500,000-380,000
4º – 20134,905,000540,000
Resultado em 2013:680,000
1º – 20145,025,000-900,000
2º – 20146,400,000-655,000
3º – 20146,200,0001,140,000
4º – 20148,100,0001,400,000
Resultado em 2014:980,000
1º – 201511,400,0004,500,000
2º – 201512,000,000-2,005,000
3º – 201510,400,0009,500,000
4º – 201512,200,000-1,400,000
Resultado em 2015:10,600,000
1º – 20169,500,000-5,800,000
2º – 2016180,000-810,000
3º – 201627,000-18,000
4º – 201650,0001,000
Resultado em 2016:-6,650,700
1º – 201730,500-11,000
2º – 20171,050,000217,000
3º – 201732,500-182,000
4º – 2017-5,0005,000
Resultado em 2017:28,600
1º – 201857,000-29,000
2º – 20181,350,000150,000
3º – 20181,600,000212,000
Resultado em 2018:333,355
*Valores aproximados

Números também refutam acusações de ganhos no mercado de câmbio com a compra de dólares antes de a delação vazar. Contratos de hedge — dólar “futuro” — resultaram em R$ 9 milhões não decorrentes do escândalo, mas sim do valor pré-determinado em contratos com bancos. O Ministério Público Federal havia estimado o ganho em R$ 100 milhões, enquanto a CVM em R$ 500 milhões.

Histórico de ações compradas pela JBS
AnoQuantidadeValor
(em milhões)(em milhões R$)
200834.2195
20099.776.3
201030.7199.6
201122.7125.3
2012117.8938
20131.59.5
20145.964.2
201596.71.432,2
201679.5823.3
201725,3*255.8
20172,3**19.8
*Pré-delação, entre abril e maio de 2017. 
**Pós-delação, em 19 de maio de 2017.

No início de 2017, segundo Wesley, a companhia não tinha dólares em contratos de hedge. Seu Comitê de Finanças recomendou, então, a compra de moeda estrangeira devido aos juros altos nos Estados Unidos e baixos no Brasil. O Conselho de Administração autorizava contratos em valores proporcionais até uma vez e meia a exposição cambial da companhia. Wesley Batista informou que os negócios foram abaixo do teto para operações sem aval da diretoria.

A empresa retomou as aquisições em março e só as vendeu no vencimento dos contratos de hedge.

Os ex-diretores da empresa são investigados por insider trading e manipulação de mercado. Diante da suspeita, a PGR pediu a rescisão dos acordos de delação, o que é analisado pelo STF. Eles permanecem válidos.

Batista reafirmou que os vazamentos não saíram da J&F e que a empresa não sabia da possível divulgação, motivo pelo qual não poderia prever quando vender ações ou comprar dólares seria mais lucrativo.

Anúncios

Os 6 melhores aplicativos para entreter e divertir as crianças

Em meio a tanta tecnologia e opções de entretenimento para os pequenos, conheça abaixo uma lista de 6 aplicativos que são educativos, lúdicos e ainda estimulam o aprendizado das crianças respeitando a fase de desenvolvimento dos pequenos. 

PlayKids
A PlayKids reúne atividades e jogos para crianças de 2 a 8 anos de idade. A plataforma disponibiliza mais de 3 mil vídeos, livros, jogos e desenhos, como Grandes Pequeninos, Bob Zoom, Mundo Bita e muito mais! Os pequenos têm acesso às atividades ideais para sua fase de desenvolvimento. 

Bob Zoom
Com uma trilha musical elaborada por profissionais especializados em educação infantil, o aplicativo do Bob Zoom estimula as crianças por meio de jogos e músicas que divertem e entretém as crianças de 0 a 5 anos. Com Bob Zoom e toda a sua turminha os pequenos vão se divertir muito com músicas e histórias educativas cheias de imaginação.

YouTube Kids
Com interface bem simples, o aplicativo oficial do YouTube Kids foi desenvolvido para as crianças acessarem conteúdos apropriados à idade. Os vídeos ficam divididos em categorias como séries e músicas. Vale lembrar que, é sempre importante que os responsáveis acompanhem as crianças personalizando e restringindo o acesso ao canal. 

Awesome Paper Toys
O Awesome Paper Toys é um aplicativo que pode ser aproveitado tanto pelas crianças sozinhas quanto com os seus pais participando da atividade. As crianças podem imprimir os modelos ou traçar o desenho em cima da tela de um tablet. Desta forma, eles só vão precisar você de papel, tesoura e cola para começar a montá-los

Galinha Pintadinha
O aplicativo da Galinha Pintadinha tem conteúdos, incluindo músicas, jogos e até algumas ferramentas de aprendizagem. Na versão do Android, todas as músicas são totalmente gratuitos, o que infelizmente não acontece na versão do iOS.

Littlest Pet Shop
O Littlest Pet Shop é ideal para as crianças que amam os animais, já que a brincadeira é cuidar de um Pet Shop. Além de cuidar do Pet Shop, as crianças precisam alimentar, dar banho e atentar-se para que os bichinhos estejam sempre bem.

Crescimento acima da média nacional atrai investidores para o nordeste

Apesar da crise financeira que assolou o País nos últimos anos, a região que abrange desde o estado da Bahia até o Maranhão se manteve firme. O Nordeste foi a parte territorial brasileira que mais se desenvolveu nas últimas décadas. Segundo um estudo do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), entre 2002 e 2017, o Nordeste viu o Produto Interno Bruto (PIB) dos seus estados crescer, em média, 3,5% ao ano.

Buscando carona neste crescimento e tendo o Nordeste como um polo tecnológico no País, empresas buscam a expansão com maior força para esta região e isto ficou claro durante a Franchising Fair de Salvador, onde várias franquias incluindo algumas de Tecnologia buscaram franqueados para acelerar este processo de expansão na região.

OPT Franchising que estava presente neste evento foi uma prova do quão aquecido está o mercado. De acordo com Dante Brazão CEO e fundador da Marca, foram fechados até o momento 04 (quatro) novas unidades para a região em pouco mais de um mês de expansão, mostrando assim, o grande potencial de crescimento no Nordeste.

“Estamos presentes na região e a divulgação dos serviços foi iniciada, a resposta e retorno dos clientes estão bem acima do que o esperado e com essa demanda, ainda vamos precisar de muitos franqueados no Nordeste”, salienta Dante Brazão.

Sobre a OPT.

Trabalhando com desenvolvimento de Software desde 1976, o empreendedor Dante Brazão, no ano de 2005 viu uma oportunidade na área de tecnologia em telecomunicações, um nicho de mercado que começava a se formar e está em desenvolvimento até os dias atuais, criando a OPT JUNTOS em São José do Rio Preto, cidade do interior de São Paulo. Seu olhar para este ramo ficou ainda mais aguçado quando viu a rapidez como o mercado aderia à estas novas tecnologias.

Mediante à esta demanda crescente o empresário criou um setor de desenvolvimento de seus próprios softwares e soluções exclusivas. Logo, começou a chamar a atenção das empresas consumidoras e carentes destas soluções. Hoje a OPT oferece soluções em comunicação, aumentando a qualidade no atendimento das empresas através de soluções, buscando automatizar, otimizar e reduzir os custos da corporação, proporcionando o total gerenciamento de toda a rede de comunicação. Ainda conta com Robôs de Atendimento, Telefonia em nuvem, Soluções para Call centers, entre outras.

Neste modelo de negócio, a OPT Franchising consegue dar a possibilidade de trabalho Home Office com investimentos e custos fixos baixos, proporcionando grandes resultados para seus franqueados a nível Brasil.

No mercado de tecnologia, o principal objetivo é encontrar a solução, e após isso a OPT desenvolve um produto com custo baixo, cuja comercialização é feita de forma com que o cliente pague uma licença mensal, gerando uma carteira de ganhos recorrentes ao franqueado e saúde financeira para sua franquia.

Home: R$ 24.900,00
Pode ter 1 colaborador.
Ganho Recorrente de 25% no valor da licença mensal de cada contrato fechado. 
Retorno médio mensal: R$ 8.000,00.

Office: R$ 59.900,00
Pode ter até 05 colaboradores. 
Ganho recorrente de 35% no valor da licença mensal de cada contrato fechado. 
Retorno médio mensal: R$ 14.000,00.

Master: R$ 99.900,00
Atuação com colaboradores ilimitados. 
Ganho recorrente de 40% no valor da licença mensal de cada contrato fechado. 
E 10% de participação na taxa de Franquia negociada em sua região, seja ela Home ou Office.
Retorno médio mensal: R$ 27.000,00.(DINO)

Ford apresenta utilitário híbrido para uso da polícia

A Ford apresenta no Salão de Detroit o Police Interceptor Utility 2020, utilitário híbrido para uso da polícia que inova no desempenho, na economia de combustível e nas tecnologias de segurança. A marca é a principal fornecedora de veículos para as forças policiais dos Estados Unidos, segmento que lidera com cerca de 65% das vendas e para o qual tem lançado seguidas novidades.

A tecnologia híbrida, combinando motores a combustão e elétrico, é ideal para frotas policiais por proporcionar uma grande economia de combustível e redução de custos. Quando o veículo está parado, o motor a combustível precisa continuar ligado para alimentar a iluminação, rádio, computadores e outros equipamentos elétricos a bordo. O Police Interceptor Hybrid permite que esses equipamentos sejam abastecidos durante longos períodos pela bateria de íons de lítio, com o motor desligado. Além disso, seu sistema híbrido projetado em torno da bateria não interfere no espaço dos passageiros nem do porta-malas.

“O sistema híbrido do Police Interceptor Utility oferece uma economia significativa de combustível, com melhor desempenho e sem abrir mão da segurança ou do espaço interno para os passageiros e bagagem”, diz Stephen Tyler, gerente de marketing de veículos policiais da Ford. “É uma fórmula que só traz vantagens em todos os quesitos.”

O novo Police Interceptor Utility 2020 híbrido tem um consumo estimado de 10,2 km/l com gasolina, um ganho de 41% comparado ao modelo atual com motor 3.7 convencional. Testes realizados por departamentos de polícia dos EUA mostraram que ele acelera mais rápido que outros utilitários policiais, inclusive com motor V8, e tem velocidade máxima de 220 kh/h. O único concorrente mais rápido foi o seu primo Ford Police Interceptor Utility com motor EcoBoost 3.0.

Tecnologia de segurança

O novo Police Interceptor Utility traz várias inovações de segurança para os policiais. O Alerta de Perímetro de Polícia tem sensores que monitoram uma área de cerca de 270 graus ao redor do veículo. Quando detecta um movimento suspeito, o sistema liga automaticamente a câmera traseira, gera um alerta sonoro, fecha as janelas e tranca as portas. A movimentação suspeita também é mostrada no painel digital para monitoramento dos policiais.

Como opcional, oferece câmera traseira sob demanda, vários pacotes de iluminação e frenagem automática de emergência com detecção de pedestres – que pode ser desativada para manobras de interceptação. As opções de motores são o 3.3 híbrido, o 3.0 EcoBoost e o 3.3 V6, todos com transmissão automática de 10 marchas e tração inteligente nas quatro rodas com modo de controle para neve/areia.

Os modelos Police Interceptor da Ford continuam a ser os únicos do mundo projetados para atender às rigorosas normas de colisão traseira da marca em até 120 km/h. O padrão oficial para esse teste nos EUA é de 80 km/h. A sua célula de segurança é construída com aço boro de ultra-alta resistência.

Os sistemas de freios, refrigeração, travas das portas e rodas desses veículos também são reforçados. Seus testem incluem impacto em guias e travessia de canteiros, linhas de trem e áreas alagadas. Conexão Bluetooth, faróis de LED e engate para reboque são outros itens de série.

Tradição ao lado da lei

A Ford tem uma tradição de quase sete décadas equipando as forças policiais dos EUA, com modelos especialmente construídos derivados de algumas de suas linhas mais populares. Em 1950, a marca tornou-se a primeira a oferecer um pacote especial para esse segmento, focado em segurança, durabilidade e desempenho.

O nome Interceptor estreou com o motor V8 “flathead” de 110 cv, em 1951. Em 1961, 58% dos veículos da polícia nas 50 maiores cidades dos EUA eram da Ford. A evolução continuou e o nome Crown Victoria foi dado ao Police Interceptor em 1983. O pacote de opcionais, incluindo motor V8 5.8 de alta potência, ajudou a torná-lo o preferido das cidades norte-americanas durante décadas.

Em 2011, o Crown Victoria foi substituído pelos novos Police Interceptor – principalmente o Police Interceptor Utility, que em 2017 respondeu por mais da metade de todos os veículos de polícia vendidos nos Estados Unidos.

Cinco apps que podem facilitar a busca por uma vaga em 2019

Toda ajuda para conseguir um novo emprego é bem-vinda. Além da famosa indicação, também é possível recorrer a aplicativos de celular a conquistar a vaga dos sonhos. Selecionamos cinco apps que podem facilitar a busca por uma vaga em 2019.

O cartão de apresentação de todo funcionário é o seu currículo. Por isso, vale a pena usar aplicativos com o Resumake, que oferecem uma série de templates (modelos) para organizar as informações do currículo, deixando-o mais atraente. A maioria dos modelos é gratuito, mas também há opções pagas e customizadas para cada tipo de formação profissional.

Hoje em dia, muitas empresas estão já estão usando robôs para pré-selecionar as centenas – ou às vezes milhares – de currículos recebidos. Batizado de Applicant Tracking System, esse sistema busca palavras-chave nos currículos para separar os candidatos que não se encaixam no perfil da empresa ou vaga. Há sites que ajudam o candidato a passar pelo robô, como é o caso do Jobscan, um portal que compara o perfil do LinkedIn e o CV com o texto da vaga pretendida e aponta quais palavras-chave são mais importantes para não ser barrado pelo robô.

Um erro comum quando se está buscando um novo emprego é confundir uma vaga com outra quando o recrutador agenda a entrevista. Essa confusão, quando percebida pela empresa, pode eliminar o candidato da disputa. Para evitar esse tipo de situação, foi criado o app Rake, que possui uma extensão para o Google Chrome. Ele auxilia o candidato a classificar todas as vagas as quais se candidatou e até auxilia a manter uma agenda organizada dos processos pelo qual já participou, com lembretes para datas relevantes, fichas dos recrutadores, etc.

Para a parte mais difícil – a entrevista – também já existem apps que ajudam a dar aquela treinada para fazer bonito na hora decisiva. O aplicativo Cram auxilia o usuário a organizar respostas consideradas padrão em entrevistas de emprego. A interface do app permite que o usuário preencha os cartões virtuais relativas a cada pergunta para que possa ir treinando suas respostas. Os cartões são escolhidos de forma aleatória de modo que o candidato possa praticar vários cenários de perguntas diferentes e evitar ser pego de surpresa por algum questionamento.

App Brasileiro

A startup APPonte desenvolveu um app homônimo, gratuito, que funciona tanto para recrutadores como para profissionais em busca de novas colocações e funciona como uma espécie de Tinder profissional. O usuário cadastra seu perfil com base em sua formação, local de moradia, qualidades e interesses, e o aplicativo cruza essas informações com as vagas de emprego em sua região. Tanto empresa como candidato recebem propostas que se encaixam com o que estão buscando, e devem empurrar para a direita os perfis ou oportunidades que lhe agradam e para a esquerda os que não se encaixam com suas expectativas. Quando ambas as parte dão “match”, uma sala de chat privado é criada para agendar as entrevistas (que podem ser feitas pelo próprio app) e outras questões contratuais.

Para Arie Halpern, economista e especialista em tecnologias disruptivas, a tecnologia pode ser a chave para diferenciar candidatos esforçados e antenados daqueles que pararam no tempo. “Há um fluxo muito maior de candidaturas por vaga e as ferramentas tecnológicas têm se mostrado úteis e podem ser um diferencial. Cabe ao candidato buscar todo esse conhecimento para despontar frente aos outros concorrentes”, comenta Halpern. (DINO)

SEI lança Bahia Análise & Dados sobre Educação e Desenvolvimento

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia lança a nova edição da revista Bahia Análise & Dados, com o tema Educação e Desenvolvimento.

Na publicação são abordadas as possíveis relações entre o desenvolvimento regional, a pobreza e a educação, sendo esta última considerada numa perspectiva que não se restringe a seu caráter formal, mas abrange também os processos educacionais no âmbito familiar, na convivência humana, nas relações de trabalho, nos movimentos sociais, assim como os que acontecem pela ação das organizações da sociedade civil e das manifestações culturais. Sob essa ótica, a análise considera a formação de um ser social que interage e transforma o meio sociocultural em que vive.

Inscrições para 10 mil vagas da Educação Profissional terminam amanhã

As inscrições do processo seletivo para 10 mil vagas de cursos técnicos de nível médio na rede estadual de ensino, na forma de articulação Subsequente ao Ensino Médio, seguem abertas até segunda-feira (21). As vagas são para os Centros Estaduais e Centros Territoriais de Educação Profissional, além de unidades compartilhadas, na capital e em mais 82 municípios da Bahia. As inscrições, que foram iniciadas na quarta (16), devem ser feitas, exclusivamente, pelo Portal da Educação.
As vagas para 42 cursos técnicos de nível médio são direcionadas para quem já concluiu o Ensino Médio e suas modalidades de forma gratuita, seja na rede pública de ensino, no âmbito federal, estadual ou municipal, ou tenha, comprovadamente, cursado em instituição filantrópica ou em instituição privada na condição de bolsista.
Entre os cursos ofertados estão técnico em Administração, Segurança do Trabalho, Logística, Meio Ambiente, Agroecologia, Agronegócios, Enfermagem, Nutrição e Dietética, Análises Clínicas, Cozinha, Alimentos, Saúde  Bucal, Edificações, Informática, Eletromecânica, Paisagismo, Dança,  Recursos Humanos e Guia de Turismo.
Como se inscrever 
No ato da inscrição, o candidato deve fazer a opção para um único município, unidade escolar, o curso e o turno. Ao inscrever-se, o candidato informará o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e criará uma senha, que dará origem a um login para trânsito no link do sistema, inclusive para modificar as informações ou cancelar a sua inscrição. 
As vagas disponibilizadas serão distribuídas segundo a ordem classificatória das médias finais obtidas nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática no último ano/módulo de estudo no Ensino Médio ou equivalente ou no resultado obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que deverão ser informadas pelo candidato no ato da inscrição.
A divulgação do resultado está prevista para 23 de janeiro. A matrícula dos selecionados será nos dias 30 e 31 de janeiro e 1 de fevereiro na unidade escolar para a qual foi classificado. O início do período letivo será no dia 11 de fevereiro. Para fazer a matrícula, é preciso apresentar os seguintes documentos: original e cópia da Carteira de Identidade, do CPF, histórico escolar, comprovante de residência atualizado e a comprovação das notas de Português e Matemática no Enem conforme declarado no ato da inscrição.