Opções de lazer e gastronômia movimentaram o feriadão de Ilhéus

 

Manter um intenso calendário de eventos esportivos e culturais em Ilhéus, em parceria com a iniciativa privada, foi defendida  pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), ao comentar dois grandes eventos realizados neste final de semana prolongado no município.

Na sexta-feira à noite, o prefeito participou do evento intitulado “Forró na Praia”, que trouxe a Ilhéus nomes importantes da música nordestina, a exemplo de Bel Marques, a cantora Solange (ex-Avião do Forró) e o forrozeiro Dorgival Dantas. O evento reuniu mais de 3 mil pessoas.

Já no sábado, o prefeito prestigiou a Feijoada do Sodré, evento gastronômico que reuniu centenas de pessoas no Boca du Mar, oferecendo um serviço de qualidade com a marca de um dos mais tradicionais restaurantes de Ilhéus. “É importantes que iniciativas particulares também participem da vida da cidade, dando opções de lazer permanente aos nossos moradores e visitantes”, elogiou.

Ruas do Parque Boa Vista recebem recuperação asfáltica

Dando continuidade à operação de recuperação asfáltica, que ao lado do Programa Cidade Limpa tem modificado o aspecto da cidade, melhorando as condições de ruas e avenidas de Itabuna, as Secretarias de Administração e de Desenvolvimento Urbano (Sedur) atenderam a ordem do prefeito Fernando Gomes autorizando a pavimentação e recuperação do asfalto na travessa Paulo VI, no Bairro Parque Boa vista.

Essa intervenção era uma demanda antiga da população local que convivia com a dificuldade em transitar na rua. Dona Raimunda, que mora no local, elogiou a gestão municipal que tem atendido aos apelos do moradores. Segundo Dona Raimunda, a população já sofreu muito por morar numa rua onde carros e pedestre encontram dificuldades em transitar.

De acordo com o secretário Dinailson Oliveira, as intervenções continuarão a ser realizadas e a gestão municipal não medirá esforços para suprir as carências da população. “o papel do Governo Fernando Gomes é atender bem a população e com isso, deixo aberta as portas da secretaria de administração para atender bem as demandas do o povo”, conflui.

Operários trabalham nos fins de semana para melhorar UBS e USF em Itabuna

 

Dentro da proposta emergencial de reconstrução das unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família que compõem a rede da Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Itabuna, operários trabalham permanentemente, inclusive nos fins de semana, para garantir o mínimo de condições de trabalho  para as equipes de saúde, e um atendimento melhor e mais humanizado aos pacientes do SUS.

No ultimo final de semana, por exemplo, a atenção da equipe de operários foi direcionada à USF Dr. Simão Fiterman, no bairro São Pedro, onde foram feitos serviços de roçagem, capinagem, limpeza de caixas d’água e do piso na interior da unidade, revisão nas instalações hidráulica e elétrica, além de pintura geral nas paredes internas e externas, conforme informou Roberto Góes, que coordenou o trabalho.

O mesmo serviço também já foi feito na USF Jacinto Cabral, no bairro Novo Horizonte e na UBS José Édites, no São Caetano. Operários ainda trabalham na UBS José Maria de Magalhães, no Sesp, (para conclusão do muro ao redor do prédio) e na USF Aurivaldo Sampaio, no São Lourenço.

“Estamos trabalhando no serviço de manutenção para assegurar, pelo menos, boas condições dos prédios onde funciona cada unidade, enquanto não temos recursos suficientes para promover uma reforma mais ampla, como se faz necessário e como deseja o prefeito Fernando Gomes” frisou a secretária de Saúde, Lísias São Mateus.

Ela lembra que o prefeito tem se movimentado e não pretende parar enquanto não conseguir recursos necessários e indispensáveis para  administrar o município. “Esta semana, por exemplo, ele estará em Brasília, onde negocia junto ao governo federal verbas para 30 projetos que visam contemplar setores como Saúde, Educação e Infraestrutura”.

Sedur intensifica ações nos bairros e terraplanagem do acesso para Mutuns

Enquanto o prefeito Fernando Gomes negocia em Brasília recursos para projetos estruturantes na área de urbanismo e para as obras de uma nova ponte, implantação do parque da cidade e do acesso interligando a BR 101 à 415, a Sedur intensificou no último final de semana as ações em Itabuna. Com isso, foi intensificada a operação tapa buracos visando a recuperação da malha viária urbana, além da terraplanagem do Monte Cristo e do acesso Itabuna/Mutuns.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Patrick Olbera Monteiro explica que na terraplanagem do bairro Monte Cristo e do acesso a Mutuns, com nove quilômetros de extensão, foram mobilizadas equipes com 70 homens coordenados pelo diretor de pavimentação da Sedur, engenheiro Leonardo Formigli, contando com o apoio de duas patrols, um rolo e três caminhões.

Patrick Olbera Monteiro informa que o trabalho de recuperação do acesso a Mutuns estará concluído ainda esta semana. A partir daí serão intensificadas as ações de melhoria das estradas vicinais, assegurando as condições de acessibilidade da população rural para a área urbana e facilitando o escoamento da produção agrícola destinada ao programa de aquisição de alimentos (PAA) e escoamento dos produtos para abastecimento das feiras livres.

Em paralelo as estas ações, ele explica que a Sedur intensificou  a operação tapa buracos que chegou aos bairros Juca Leão e acesso ao Real Ville. “O nosso cronograma de trabalho prevê ações em todos os bairros visando a recuperação da  malha urbana de toda a cidade, que apresenta sérios problemas de conservação em função da falta de investimentos ao longo dos últimos oito anos,” complementou.

O secretário também fala da expectativa com início de obras voltadas para a mobilidade urbana e infraestrutura. Um exemplo é a construção de uma passarela sobre o rio Cachoeira, que terá um custo de R$ 1,1 milhão e depende agora da realização da licitação, uma vez que os recursos já foram disponibilizados no orçamento municipal. A Sedur também estuda, em parceria com Emasa, projetos para investimentos em saneamento básico e despoluição do rio Cachoeira.

Prefeitura de Itabuna humaniza a cidade através de parceria

Lixeira é um item que geralmente passa despercebido, mas que agora está ganhando uma nova roupagem através do Projeto de Requalificação e Humanização da Cidade, realizado por meio de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Itabuna, CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e a Brasilplaq – empresa de sinalização com forte atuação na Bahia.

De acordo com o secretário de Administração do município, Dinailson Oliveira, a proposta através deste trabalho conjunto é instalar em toda a cidade lixeiras decorativas. “Neste primeiro momento estão sendo disponibilizadas em áreas de grande circulação de pessoas, e a nossa meta, já que o município é responsável pela parte logística, é entregar à comunidade todos os equipamentos instalados no dia 28 de Julho, durante as comemorações do aniversário de Itabuna”, informa.

O secretário revela ainda que paralelo a este trabalho com a CDL e Brasilplaq, a Prefeitura entregará outra remessa de 50 lixeiras em parceria com a Biosanear Soluções Ambientais. “A região central e o bairro São Caetano serão contemplados neste primeiro momento porque identificamos uma grande carência de lixeiras nestas áreas”, completa o coordenador de Operações da Biosanear, Júnior Miranda.

Lixeiras e Sinalizações

O presidente da CDL, Jorge Braga, destaca a importância de um projeto como este que contribui de forma efetiva para a manutenção da limpeza do município. “Uma cidade suja influencia de forma negativa em todos os aspectos do seu cotidiano, inclusive no comércio, e através desta parceria em que a Brasilplaq está entrando com os recursos, estamos contribuindo para conscientizar os cidadãos a usarem a lixeira de forma adequada”.

Ele finaliza citando que além das lixeiras também estão sendo instaladas placas de sinalização das vias públicas. “Aproveito para agradecer também ao secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, John Nascimento, pela sensibilidade em relação ao assunto”, salienta lembrando que muitos itabunenses desconhecem os nomes de muitas ruas da própria cidade.

Vandalismo prejudica Cemitério São João Batista em Ilhéus

“Depois de reconstruída parte do muro antigo, alguém vem derrubando o restante do equipamento público municipal ali instalado”. Assim definiu o superintendente de Obras (Suob), órgão ligado à secretaria municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra), Rafael Castro Lima, quando se deparou com a cena, que, segundo ele, mais parecia um ato de vandalismo prejudicial à população que circula nas proximidades do Cemitério São João Batista, no bairro Nelson Costa, zona sul da cidade.

Há algumas semanas, a Prefeitura iniciou a reforma da parte do muro que havia caído no Cemitério devido as fortes chuvas registradas na cidade. Concentrando esforços e objetivando acelerar a obra, o serviço realizado apenas no trecho danificado foi concluído e entregue à comunidade. No entanto, hoje pela manhã, 24, a Suob constatou que outro trecho do antigo muro de proteção, localizado no fundo da Avenida Nossa Senhora Aparecida, foi derrubado à noite ou durante o fim de semana, quando o local costuma ter pouca movimentação.

A ocorrência já foi registrada, acionando o caso junto ao Pelotão Especial (PETO) da 69ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), responsável pela segurança na zona sul do município. Vale lembrar que o dano contra o patrimônio público é crime previsto no Código Penal Brasileiro e o infrator pode pegar de um a três meses de prisão.

Começam as aulas da Escola Municipal de Trânsito de Itabuna

A Escola Municipal de Trânsito de Itabuna (Emtran) – única escola municipal do Brasil – deu início às aulas gratuitas para a população carente que não tem condições de adquirir a primeira Carteira Nacional de Habilitação. A diretora da Emtran, Edlane Brandão, informa que para ter acesso ao serviço o cidadão precisa ser maior de 18 anos, ser morador de Itabuna, ter renda igual ou inferior a dois salários mínimos, além de ter o Ensino Fundamental de Escola Pública.

O Centro de Formação de Condutores que é vinculado a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Settran) e popularmente conhecido como AutoEscola Pública de Trânsito, está com duas turmas nos turnos da manhã e noite para a Categoria A. “É uma oportunidade única poder tirar minha CNH sem nenhum custo”, disse a moradora do bairro Pedro Jerônimo, Silmara dos Reis. Na Escola Municipal de Trânsito todos os serviços são de graça: aulas teóricas, práticas e a realização de exames clínico e psicológicos.

A diretora geral da Emtran informa que as aulas para a categoria B serão disponibilizadas dentro em breve, após dissolução de questões burocráticas para o funcionamento do Simulador Eletrônico. “O Conselho Nacional de Trânsito exige que todas as autoescolas disponibilizem para os alunos um simulador eletrônico antes das aulas práticas na rua, e nós temos estes equipamentos, falta apenas resolver questões burocráticas”.

Edlane Brandão finaliza informando que cada aluno leva em média três meses para cumprir toda carga horária – 45 horas de aula teórica e 25 horas de aula prática -, e sair habilitado da Emtran. “Para isso, eles contam com profissionais altamente capacitados para ministraras aulas tanto teóricas, como práticas”.